Quinta-feira, 6 de Maio de 2004

ESTAREI SEMPRE À TUA ESPERA

Pode ser que um dia deixemos de nos falar.
Mas, enquanto houver amizade,
faremos as pazes de novo.

Pode ser que um dia o tempo passe.
Mas, se a amizade permanecer,
um do outro havemos de nos lembrar.

Pode ser que um dia nos afastemos.
Mas, se formos amigos de verdade,
a amizade reaproximar-nos-á.

Pode ser que um dia não existamos mais.
Mas, se ainda sobrar amizade,
nasceremos de novo um para o outro.

Pode ser que um dia tudo acabe.
Mas, com a amizade
construiremos tudo novamente,
cada vez de forma diferente,
sendo único e inesquecível cada momento
que juntos viveremos e
lembraremos para sempre.


Albert Einstein

publicado por linade às 22:14
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De peixe-sol a 7 de Maio de 2004 às 11:04
Pq tanta tristeza e sentimentos de solidão e saudade em cada poema?? É verdade que são bonitos mas ao mesmo tempo tão nostalgicos...



Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


.posts recentes

. HENRY LOUIS MENCKEN - 188...

. BENOITE GROULT

. II Encontro de Weblogs

. Vinicius de Moraes

. Arnaldo Jabor ... Sempre...

. Cerejas com vinagre e açú...

. PENSAMENTOS...

. Rosa Ditosa

. Eugénio de Andrade - Cama...

. As divas do cinema - Por ...

.arquivos

. Fevereiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

blogs SAPO

.subscrever feeds